Skip to main content

Wood frame e industrialização: Tenda entra com tudo no movimento

Caio Bonatto para LinkedIn

Caio BonattoHá 11 fundávamos a Tecverde. Nascia uma empresa com o sonho de tornar a indústria da construção civil mais sustentável e industrializada. 

Entendíamos que a transformação precisava começar por algum lugar e nos considerávamos loucos o suficiente para encararmos este desafio. Entrávamos, então, em uma aventura colossal, repleta de dúvidas, incertezas, riscos e de gente falando que no Brasil o povo gosta mesmo é de tijolo, apesar de eu nunca ter visto ninguém dormir abraçado com um. 

A lá Indiana Jones, de lá para cá, superamos cada um dos desafios que nos foram impostos. Regulamentação e financiamento que não existiam, cadeia de fornecedores que também não era formada ou coordenada para nossa tecnologia, treinamento de mão de obra, engenharia de produtos para casas e depois prédios, e o tão falado amor do brasileiro por tijolo.

Chega a me arrepiar só de pensar tudo que vivemos, não só para sobrevivermos, mas para conquistarmos respeito e credibilidade mundo afora. (Para quem ainda não sabe a Tecverde foi adquirida por uma JV formada por Etex (Belga) e Arauco (Chilena)).

Nossa tecnologia atende hoje empresas de norte a sul do Brasil, de todos os portes e em todas as faixas do segmento residencial. Conseguimos melhorias importantes de desempenho nos empreendimentos de nossos parceiros, refletindo em melhor rentabilidade, com menor exposição de caixa, menos riscos operacionais, menos custo fixo, menos indiretos de canteiro e por aí vai…

Falo tudo isso para dizer que me sinto extremamente honrado com a recente notícia divulgada pela Tenda, oficializando sua adesão às tecnologias offsite em wood frame. Com toda humildade possível, mas com uma pitada de orgulho, posso afirmar que de alguma forma servimos de inspiração neste processo. Como disse no início, sabemos que para transformar o setor da construção em um setor mais industrializado e sustentável, precisávamos começar por algum lugar. E tenho certeza de que a Tenda entra para engrandecer esta realização.

Não importa se sozinhos ou junto a muitos, o importante é levarmos o setor da construção civil ao próximo nível de produtividade e eficiência. Só assim conseguiremos suprimir o gigantesco déficit habitacional, dependendo menos de governo e mais de nós mesmos, por meio de tecnologias mais eficientes. O maior subsídio que esse setor pode ter, está dentro dele mesmo: sua capacidade de inovar, de se industrializar e conseguir ser mais eficiente – como a indústria automobilística sempre fez muito bem. 

A entrada da Tenda para o mundo off site traz uma validação importante para a tecnologia. Esperamos que sirva de inspiração para outros players seguirem o caminho. Seja com as próprias pernas ou junto com parceiros. E caso entendam que fazer junto é mais gostoso, estamos aqui para contribuir com a mais avançada tecnologia industrializada em wood frame do mundo. Contem com a Tecverde para darem o próximo passo.

 

Saiba mais:

>> Alta do Material de construção prejudica orçamento de obras convencionais

>> Construtora Tenda aposta em sistemas construtivos off-site

>> Tenda dobra aposta no MCMV com “fábrica de prédios”

 

 

Outras notícias

Tecverde participa da entrega das novas moradias em São Sebastião

20/02/2024
Na última segunda-feira, dia 19, ocorreu a entrega de 518 unidades habitacionais pelo Governo do Estado de São Paulo às...

Industrialização de canteiros de obras impulsiona ritmo de lançamentos no mercado imobiliário

19/02/2024
A crescente industrialização está transformando os tradicionais canteiros de obras, à medida que construtoras buscam maneiras de aumentar a produtividade...

Tendência do uso da madeira na Construção Civil

02/02/2024
Você sabia que colunas de madeira podem sustentar cinco vezes mais peso do que as de concreto? Este é apenas...

Industrialização da construção civil pode impulsionar Minha Casa, Minha Vida

17/01/2024
Casa construída em 30 dias. Condomínio de três blocos pronto em quatro meses. A construção industrializada reduz o tempo, o...