Fonte: Gazeta do Povo

Neste mês de maio, o Jornal Gazeta do Povo, no caderno HAUS, publicou uma matéria sobre a utilização do sistema construtivo em wood frame, como alternativa para as construções populares. Segundo a matéria, este método construtivo se destaca como uma solução viável para reduzir o tempo e aumentar a eficiência das obras.

“O wood frame é uma tecnologia que tem um potencial muito interessante em termos de futuro, pois ele avança no processo de industrialização, uma vez que uma parte relevante [da obra] é feita dentro da fábrica. Isso gera uma série de ganhos importantes para a construção civil: produtividade, controle da qualidade, rastreabilidade, segurança dos profissionais (já que um ambiente de fábrica é mais controlado)“, avalia Mauro Bastazian, diretor-executivo da HM Engenharia. A empresa está com dois projetos em wood frame em andamento em Paulínia, cidade do interior de São Paulo: Brisa da Mata Park e Brisa da Mata Village, que somam 146 unidades.

paulinia

Estes dois empreendimentos da construtora estão sendo desenvolvidos em parceria com a Tecverde, pioneira na industrialização nos processos da construção civil no Brasil que, em sua fábrica de casas, tem potencial para construir mais de 7 mil unidades habitacionais por ano.

Outro destaque da publicação é o empreendimento construído pela Treèle Construtora também em parceria com a Tecverde, no Bairro Santa Cândida, em Curitiba. Segundo Pedro Lorenzi, diretor de incorporação da Treèle, o wood frame “é um sistema que melhora o tempo de obra, possibilita maior controle dos custos e [entrega um produto final] com qualidade superior no que se refere ao conforto térmico e acústico do imóvel. Estes são os três pilares que nos fizeram buscar o wood frame“, afirma.

Detalhamento do sistema

Neste modelo, as paredes são compostas por painéis formados por algumas camadas: madeira estrutural tratada, chapa estrutural OSB, membrana hidrófuga, placa cimentícia para área externa e gesso acartonado para a área interna. Os entrepisos e coberturas também são feitos dentro do ambiente fabril, sendo que as paredes já saem para o canteiro de obras com esquadrias, e estruturas elétricas e hidráulicas, prontas para a montagem, o que exige um nível de eficiência e detalhamento ainda maior de projeto, do que nas construções tradicionais.

Painel de parede em wood frame tecverde

 

Projetos em wood frame

No Brasil, o sistema em wood frame desenvolvido pela Tecverde, é homologado para construções de casas térreas, sobrados e prédios de até 4 pavimentos. Este é o caso da Trèele, em que o programa do condomínio apresenta blocos de quatro pavimentos, com oito unidades por andar. No empreendimento, há ainda casas sobrepostas no condomínio, totalizando 184 unidades.

wood-frame-empreendimentos-populares-colinas-do-norte-arquibusiness-divulgacao

Saiba mais
>> Empreendimento no interior de São Paulo terá 146 casas construídas na ‘fábrica’
>> Obras industrializadas despontam em meio aos aumentos nos insumos da construção civil
>> Popular no exterior, construção ‘off-site’ ganha força no Brasil com a pandemia
Copyright © 2021
Ir para o topo