Montagem hospitalMuitos acompanharam conosco – seja aqui no blog, ou em nossas mídias sociais – o grande desafio que recebemos da nossa parceira Brasil ao Cubo, para participar da construção de um hospital permanente em 40 dias.

A celeridade dessa obra é muito importante devido ao avanço do COVID-19 em todo Brasil, mas principalmente no estado de São Paulo: região mais afetada pela doença e local onde o hospital está sendo construído. Esta unidade de saúde ficará pronta até 30 de abril, terá 100 leitos disponíveis para atendimento exclusivo pelo SUS. Após a campanha realizada em comoção à pandemia, o hospital será doado para a Prefeitura de São Paulo.

Para entender um pouco do processo de construção deste edifício, considerando que o sistema modular ainda é novidade para a grande maioria das empresas, é importante entender que a Tecverde e a Brasil ao Cubo trabalharam em conjunto para, em tempo recorde, viabilizar o desenvolvimento da engenharia do produto.

O início se deu em 23 de março de 2020. Em 7 dias, mais de 25 engenheiros de diversas cidades e estados trabalharam de forma 100% remota – pela primeira vez na história da Tecverde, já que estamos observando rigorosamente as recomendações do ministério da saúde e OMS em relação ao isolamento social – e conseguiram conciliar todas as disciplinas (estrutural, elétrica, hidráulica, gases hospitalares, ar condicionado, acabamentos, entre outras) para que o hospital pudesse ser produzido em linha de produção, como um automóvel. O projeto foi inteiramente feito em BIM (Building Information Modeling), um formato pelo qual é possível desenvolver projetos de diferentes disciplinas de forma interligada e inter-relacionada, para que a execução e a manutenção do edifício sejam realizadas de maneira precisa.

Processo

Depois do desenvolvimento e modelagem do projeto, a Brasil ao Cubo iniciou a produção dos chassis metálicos em sua fábrica, na cidade de Tubarão (SC). Estes chassis contêm painéis de piso, pilares e cobertura, já totalmente vedados. Prontas, estas estruturas de aço foram transportadas até o parque fabril da Tecverde, em Araucária (PR), onde se iniciou a montagem módulos de ambientes que compõem o edifício.

Em Araucária, deu-se início à montagem destas estruturas juntamente aos painéis de parede produzidos fabricados pela Tecverde. A junção dos chassis com os painéis de parede se configura como um módulo montado. A partir de então, os módulos passaram para as etapas de instalação de kits elétricos, infraestrutura para ar condicionado, forro, shaft de instalações hidrossanitárias, tratamento de juntas, impermeabilizações, revestimentos cerâmicos, louças, metais, acessórios, portas de madeira, primeira demão de pintura interna, pintura externa e vedações. Um dos diferenciais desta obra em particular é que as paredes também receberam as tubulações para passagem de gases, essenciais para o funcionamento de diversos equipamentos hospitalares. Todos estes processos fazem parte da solução de parede desenvolvida pela Tecverde para a construção do hospital.

A partir disso, os módulos estavam prontos para carregamento em caminhões prancha e despacho para o canteiro de obra em São Paulo.

Ao todo, o novo edifício do hospital é composto de 70 módulos. Destes, 26 foram montados e acabados na Brasil ao Cubo para formar as áreas de postos de enfermagem, salas de apoio, circulação, escadas, rampas e a passarela de conexão com o prédio existente do Hospital M’boi Mirim. Os outros 44 módulos, de 3 tipologias diferentes, foram montados e acabados na Tecverde para formar as áreas de quartos coletivos. Após o acoplamento no canteiro de obra, estes módulos foram agrupados em blocos de 2 e 3, formando quartos coletivos de 4 a 7 leitos, sempre com um banheiro acessível.

A montagem das paredes nos chassis durou 2h por módulo. Os processos seguintes, de acabamento, gases hospitalares, instalações e pinturas, se deram em 4 dias após o início de cada módulo. Depois, foram carregados 6 módulos por dia em 3 caminhões prancha. A produção, montagem e carregamento foram finalizados em 11 dias, com 7 dias de antecedência, nesta terça-feira, dia 07/04.

Montagem Hospital | Tecverde

Esta parceria de sucesso entre Tecverde e Brasil ao Cubo nasceu dentro da Endeavor – uma aceleradora brasileira que fomenta o ambiente de negócios para as scale-ups – em um programa de apoio ao empreendedorismo. Neste momento de crise, vale ressaltar que estas duas empresas uniram forças e apostaram em sua expertise e tecnologia de ponta para contribuir com a sociedade brasileira de maneira rápida e eficiente.

Confira nossa galeria:

Copyright © 2020
Ir para o topo